Publicidade

Estado de Minas PANAMÁ

Igreja do Panamá suspende sacerdote preso por supostos abusos contra menor


13/04/2021 18:02

A Igreja do Panamá pediu desculpas nesta terça-feira (13) e suspendeu de suas funções um padre detido na véspera por supostos abusos contra uma criança menor de cinco anos, o que causou consternação no país centro-americano.

"Oferecemos nossas humildes desculpas a todos e pedimos suas intensas orações pela suposta vítima e pelo suposto perpetrador", escreveu em um comunicado o cardeal e bispo da diocese de David, José Luis Lacunza.

O padre Aristides Rodríguez, de 58 anos, foi pastor de Nossa Senhora dos Anjos em Gualaca, a cerca de 440 quilômetrosda Cidade do Panamá.

Na segunda-feira, a promotoria informou que o padre foi preso e acusado de "crimes sexuais contra criança menor de 5 anos".

Segundo a nota assinada por Dom Lacunza, o padre Rodríguez é acusado de supostos "atos libidinosos" e "exibicionismo obsceno" contra um menor, pelos quais "como medida cautelar e enquanto durarem as investigações", decidiram "suspendê-lo do cargo e do ministério pastoral".

"É muito doloroso que um membro do clero esteja supostamente envolvido em tais atos, absolutamente condenáveis e aos quais expressamos nossa tolerância zero", afirmou Lacunza.

"Também nos dói no fundo de nossos corações e em nossa sensibilidade pastoral que a suposta vítima seja menor de idade", acrescentou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade