Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Secretária do Tesouro americano faz apelo a grandes economias


08/04/2021 11:47

A secretária do Tesouro dos Estados Unidos, Janet Yellen, fez uma apelo nesta quinta-feira (8) às principais economias do mundo para que utilizem recursos "significativos" para garantir a recuperação da economia após os estragos provocados pela pandemia de covid-19.

Apesar das perspectivas melhores, em particular devido ao apoio substancial dos governos, "o trabalho ainda não terminou", afirmou Yellen em um comunicado enviado ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e ao Banco Mundial.

"Eu peço às grandes economias que não apenas evitem a retirada do apoio muito cedo, mas que se esforcem para fornecer valores significativos de novas ajudas fiscais para garantir uma recuperação robusta", completou a secretária do Tesouro.

Yellen destacou o pacote de estímulo de 1,9 trilhão de dólares aprovado no mês passado nos Estados Unidos e o plano de infraestrutura de Joe Biden, também voltado para criar empregos e que alcança dois trilhões de dólares, e que foi apresentado na semana passada.

O FMI celebrou o fato de que quase 16 trilhões de dólares investidos por vários governos evitaram um dano maior à economia, que enfrentou na crise a pior recessão já registrada em tempos de paz.

Com os estímulos à economia colocados em prática nos Estados Unidos, Yellen projeta que o país "poderia alcançar o pleno emprego no próximo ano".

Porém, muitos países em desenvolvimento não têm os recursos para apoiar suas economias e por isso ela pediu às instituições multilaterais que continuem a concentrar seus recursos limitados nos que mais precisam.

Yellen destacou que terminar com a crise de saúde continua sendo central para a recuperação e prometeu o apoio dos Estados Unidos na distribuição de vacinas e para assegurar que o "financiamento não vire um obstáculo para a vacinação global".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade