Publicidade

Estado de Minas BOGOTÁ

Colômbia detém mais de 50 migrantes que tentavam chegar ao Panamá


31/03/2021 19:57

Mais de 50 migrantes que iam de ônibus para o Panamá foram detidos no noroeste da Colômbia por viajarem "de forma irregular", informou a autoridade de imigração em um comunicado nesta quarta-feira (31).

Os estrangeiros, principalmente caribenhos, "foram transferidos para os escritórios de migração da Colômbia para definir sua situação de imigração", disse a agência.

Além de um grupo de 40 haitianos, incluindo 11 menores, há também cubanos, venezuelanos e africanos de Camarões e da Costa do Marfim.

Os dois veículos nos quais viajavam foram interceptados em um posto de controle policial no departamento de Caldas, pouco antes de chegarem a Medellín.

Seria a penúltima parada de uma longa e perigosa jornada que começou em meio à pandemia no conturbado departamento de Nariño, na fronteira com o Equador.

De Medellín, os migrantes planejavam avançar até o município de Turbo, no Golfo de Urabá, para continuar a rota ao Panamá de barco ou pela densa floresta de Darien.

Todos os anos, milhares de africanos, asiáticos e caribenhos cruzam a Colômbia para tentar chegar aos Estados Unidos pelo mar do Caribe.

Embora a pandemia tenha reduzido o fluxo, entre janeiro e outubro de 2020, o Panamá interceptou 287 africanos na floresta que liga o país à Colômbia e os transferiu para abrigos temporários, onde aguardam que a Costa Rica lhes abra caminho.

A Colômbia mantém fechadas suas fronteiras terrestres e fluviais desde 16 de março de 2020 para impedir a disseminação do coronavírus, que causou no país quase 2,4 milhões de infecções e mais de 63.000 mortes.

A medida vai durar pelo menos até 1º de junho.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade