Publicidade

Estado de Minas BRUXELAS

Doadores comprometem US$ 6,4 bi em ajuda aos sírios (comissário europeu)


30/03/2021 15:57 - atualizado 30/03/2021 16:02

Doadores internacionais comprometeram nesta terça-feira (30) um total de 6,4 bilhões de dólares em ajuda humanitária aos afetados pelo conflito na Síria, anunciou a UE, uma cifra consideravelmente abaixo da meta de reunir 10 bilhões de dólares.

O comissário europeu de Gestão de Crise, Janez Lenarcic, disse em Bruxelas que 4,4 bilhões de dólares correspondem a 2021 e 2 bilhões de dólares para 2022 em diante.

A V Conferência de Bruxelas, realizada por videoconferência, se propunha a conseguir 10 bilhões de dólares para suporte aos deslocados sírios, tanto dentro do seu país quanto em diversos países vizinhos.

No entanto, o resultado do esforço ficou longe da meta estabelecida pela ONU, com apoio da UE.

Ao apresentar os resultados da Conferência, Lenarcic disse que "além disso, instituições financeiras internacionais e doadores anunciaram empréstimos em condições vantajosas" de 7 bilhões de dólares.

Após o anúncio, a entidade humanitária Oxfam expressou sua decepção com os resultados.

O volume comprometido "confirma os temores de que os doadores não estão ouvindo os apelos dos milhões de sírios que tiveram que abandonar suas casas e têm suas vidas destroçadas por dez anos de conflito", destacou a entidade.

Durante o dia, a Alemanha anunciou sua participação no esforço com mais de 1,7 bilhão de euros (cerca de 2 bilhões de dólares), ao mesmo tempo em que a UE comunicou à Conferência um aporte de 560 milhões de euros (650 milhões de dólares).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade