Publicidade

Estado de Minas JALALABAD

Três enfermeiras assassinadas enquanto vacinavam crianças no Afeganistão


30/03/2021 12:13

Três enfermeiras que vacinam contra a poliomelite foram assassinadas a tiros nesta terça-feira (30) no leste do Afeganistão, um dia depois de as autoridades lançarem uma campanha de imunização nacional, informaram fontes administrativas locais.

As vítimas foram assassinadas em dois ataques diferentes em Jalalabad, cidade frequentemente assolada pela violência.

"Elas iam de casa em casa vacinando as crianças", disse à AFP Wahidullah, seu chefe direto, que usa apenas um nome como muitos afegãos.

Um funcionário do escritório do governador de Nangarhar, província cuja capital é Jalalabad, confirmou os fatos.

Uma das vítimas realizava este trabalho para ganhar um pouco de dinheiro e poder manter sua família, disse seu tio Haji Maqbool.

"Ela foi assassinada nesta manhã a tiros enquanto vacinava as crianças", lamentou.

De acordo com o porta-voz do ministério da Saúde, a campanha foi temporariamente interrompida na província.

Apesar de o vírus da poliomelite ter sido erradicado no resto do mundo, continua presente no Afeganistão e Paquistão, países onde a vacinação é geralmente vista com desconfiança.

A violência também dificultou as campanhas anteriores no Afeganistão, principalmente em territórios que fogem do controle do governo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade