Publicidade

Estado de Minas WASHINGTON

Estudo entre profissionais da saúde dos EUA traz nova prova da eficácia das vacinas Pfizer e Moderna


29/03/2021 14:06

As vacinas Pfizer e Moderna contra a covid-19 são 90% eficazes, independentemente dos sintomas, segundo demonstrado em um estudo com cerca de 4.000 profissionais da saúde americanos publicado nesta segunda-feira.

Outra notícia animadora é que a vacinação parcial, com uma dose de qualquer uma das vacinas, resultou em 80% de proteção contra a infecção duas semanas após a primeira aplicação.

O estudo conduzido pelos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) avaliou a eficácia das duas vacinas entre 3.950 participantes em seis estados de 14 de dezembro a 12 de março.

"Este estudo mostra que nossos esforços nacionais de vacinação estão funcionando", disse a diretora dos CDC, Rochelle Walensky.

"As vacinas de RNA mensageiro contra a covid-19 licenciadas forneceram proteção substancial contra infecções no mundo real para o pessoal de saúde, socorristas e outros trabalhadores essenciais da linha de frente de nosso país", observou.

Esses resultados se somam a um crescente corpo de evidências de que as vacinas não apenas interrompem a doença sintomática, mas a própria infecção, tornando-as uma ferramenta importante para retardar a propagação do vírus.

O estudo, que incluiu médicos, enfermeiras, socorristas e outros profissionais de saúde do Arizona, Flórida, Minnesota, Oregon, Texas e Utah, está em andamento.

Os cientistas buscarão sequenciar o vírus em casos de infecção, apesar da vacinação, para entender melhor o porquê.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade