Publicidade

Estado de Minas MAPUTO

Ataque jihadista deixou dezenas de mortos em Moçambique desde quarta-feira, afirma governo


28/03/2021 19:13

Dezenas de pessoas morreram em um importante ataque jihadista desde a última quarta-feira em Palma, nordeste de Moçambique, anunciou o governo neste domingo.

"Na última quarta-feira, um grupo de terroristas invadiu Palma e lançou ações que resultaram no assassinato covarde de dezenas de pessoas indefesas", informou o porta-voz do Ministério da Defesa, Omar Saranga. Segundo o governo, sete pessoas morreram em uma emboscada quando as forças de segurança tentavam retirar quase 200 que estavam refugiadas em um hotel.

Dezenas de pessoas permanecem desaparecidas. Cerca de 80 partiram na sexta-feira a bordo de 17 caminhões militares, dos quais apenas sete puderam deixar a zona de conflito. Nos últimos três dias, as forças de segurança priorizaram "o resgate de centenas de cidadãos, nacionais e estrangeiros", apontou Saranga.

A cidade portuária de Palma fica a cerca de 10 quilômetros de um complexo de gás do grupo francês Total e caiu nas mãos dos rebeldes na noite de sexta-feira, após mais de 48 horas de combates. Os jihadistas, que juraram fidelidade ao grupo Estado Islâmico e espalham o terror há mais de três anos na província de maioria muçulmana de Cabo Delgado, lançaram na última quarta-feira uma série de ataques coordenados.

Testemunhas contaram à ONG Human Rights Watch que os terroristas atiraram "contra as pessoas e os prédios", deixando um rastro de corpos pelas ruas da cidade, de 75 mil habitantes, muitos dos quais fugiram a pé, de carro ou em embarcações.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade