Publicidade

Estado de Minas SEUL

Coreia do Norte considera "psicótica" a forma de pensar da UE por sanções


24/03/2021 05:59

A Coreia do Norte criticou as sanções impostas esta semana pela União Europeia (UE) a altos funcionários de Pyongyang por violar os direitos humanos, e as chamou de "provocação política desprezível", além de ser o resultado de uma "forma psicótica de pensar".

A UE anunciou sanções contra uma dezena de pessoas e quatro pessoas jurídicas em seis países, incluindo China, Rússia e Coreia do Norte, por violações dos direitos humanos.

A decisão enfureceu Pequim e provocou um conflito diplomático entre China, principal apoio da Coreia do Norte, e os países membros da UE.

Um porta-voz do ministério norte-coreano das Relações Exteriores denunciou as medidas, que classificou de "ferramentas políticas sinistras" provocadas pela "obcecada inconsistência da UE ao lado de uma forma psicótica de pensar".

As sanções integram uma política hostil em relação a Coreia do Norte e constituem "uma provocação política desprezível", afirmou o porta-voz em um comunicado com o título "O ato inútil trará apenas desonra e vergonha" e publicado pela agência estatal KCNA.

As sanções europeias são direcionadas contra o ministro norte-coreano da Segurança do Estado, Jong Kyong Thaek, o ministro da Segurança Pública, Ri Yong Gil, e o gabinete da Procuradoria-Geral Central.

A UE afirmou que estas pessoas são responsáveis por "graves violações dos direitos humanos", que vão de torturas e execuções arbitrárias até trabalhos forçados generalizados e violência sexual contra as mulheres.

A ONU também acusa a Coreia do Norte, que tem armas nucleares, de violações "sistemáticas, generalizadas e flagrantes" dos direitos humanos, que vão de tortura às execuções extrajudiciais.

Pyongyang nega e afirma que protege e promove os "verdadeiros direitos humanos". Também chamou de propaganda contra o regime as acusações de violações dos direitos humanos proferidas pela comunidade internacional.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade