Publicidade

Estado de Minas MINNEAPOLIS

Júri para julgamento de policial acusado pela morte de George Floyd é constituído


23/03/2021 14:22

O júri que vai participar do julgamento do policial branco acusado da morte do afro-americano George Floyd em maio passado foi constituído nesta terça-feira (23) em um tribunal de Minneapolis, abrindo caminho para o início do processo judicial na próxima segunda-feira.

A seleção dos 12 jurados e três suplentes, que durou 11 dias, terminou nesta terça com a confirmação dos escolhidos, depois que uma centena de cidadãos foram descartados após interrogatório.

Agora, o ex-policial de Minneapolis Derek Chauvin, de 44 anos, pode pegar até 40 anos de prisão se for condenado pela acusação mais séria, a de homicídio em segundo grau.

A morte de Floyd em 25 de maio de 2020 gerou protestos contra a injustiça racial e a brutalidade policial nos Estados Unidos e em todo o mundo.

O juiz que preside o caso, os promotores e os advogados de defesa escolheram um júri composto por seis mulheres brancas, três homens negros, três homens brancos, duas mulheres mestiças e uma mulher negra.

Um deles será excluído pelo juiz na segunda-feira e um júri de 12 membros ouvirá o caso e decidirá o destino de Chauvin, enquanto os outros dois atuarão como suplentes.

Todos menos um, um homem branco na casa dos 20 anos que disse ser químico, disseram que viram, em parte ou na totalidade, um vídeo de um transeunte de Chauvin ajoelhado no pescoço de Floyd algemado durante sua prisão.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade