Publicidade

Estado de Minas BOULDER

Jovem é indiciado pela morte de 10 pessoas em tiroteio no Colorado


23/03/2021 13:04 - atualizado 23/03/2021 13:14

Um homem de 21 anos foi indiciado por assassinato no tiroteio, na segunda-feira (22), em um supermercado em Boulder, no estado do Colorado, que terminou em dez mortos, incluindo um policial - anunciou a polícia local em entrevista coletiva nesta terça (23).

Identificado como Ahmad Alissa, segundo transcrição fonética de seu nome, o agressor está hospitalizado, após ser ferido em uma perna.

Sua condição é "estável" e deve ser transferido para a prisão em breve, declarou a chefe de Polícia de Boulder, Maris Herold.

"Ele é acusado de 10 acusações de homicídio em primeiro grau e em breve será transferido para a prisão do condado de Boulder", disse.

O motivo que o levou à ação ainda é desconhecido, segundo as autoridades. Todas as vítimas foram identificadas e tinham entre 20 e 65 anos de idade, segundo a mesma fonte.

O agente falecido era pai de sete filhos, informou Herold.

O agressor é acusado de ter matado 10 pessoas na tarde de segunda-feira na loja King Soopers ou próximo a ela em Boulder, uma cidade de cerca de 110.000 habitantes localizada 50 quilômetros a noroeste de Denver, capital do Colorado.

Imagens ao vivo mostraram um homem, vestindo apenas shorts de ginástica, sendo conduzido para fora da loja por policiais. Suas mãos estavam algemadas atrás das costas e ele parecia ter uma ferida na perna, com vestígios de sangue.

Segundo a imprensa americana, o homem estava armado com um fuzil AR-15, arma muito usada nesse tipo de massacre, um mal recorrente nos Estados Unidos.

O ataque aconteceu menos de uma semana depois que um atirador, também de 21 anos, matou oito pessoas a tiros em spas asiáticos em Atlanta, Geórgia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade