Publicidade

Estado de Minas MADRI

Quase 60 migrantes pulam muro e entram no território espanhol de Melilla


08/03/2021 07:38

Mais de 150 imigrantes tentaram pular a barreira do enclave espanhol de Melilla, no norte da África, nesta segunda-feira (8), e cerca de 60 conseguiram - informaram autoridades locais, acrescentando que cinco pessoas ficaram feridas.

"Por volta das 6h (2h em Brasília), houve um salto de mais de 150 pessoas, com 59 migrantes conseguindo entrar em Melilla", disse a delegação do governo espanhol em Melilla em um comunicado.

Dois migrantes e três agentes da Guarda Civil ficaram levemente feridos, neste episódio registrado na fronteira.

Os migrantes que conseguiram entrar foram levados para um centro de saúde. Lá, serão testados para covid-19 e, em seguida, serão postos em quarentena, afirma o comunicado.

Ante a presença de um grande grupo de pessoas junto à cerca do lado marroquino, as autoridades marroquinas e as espanholas foram ativadas na madrugada desta segunda, mas não conseguiram impedir o fluxo de migrantes, acrescenta o texto.

Melilla e o outro enclave espanhol localizado na costa marroquina, Ceuta, são as únicas fronteiras terrestres da União Europeia com a África. Costumam ser cenário destes saltos em massa sobre suas cercas.

Segundo dados do Ministério do Interior, nos primeiros dois meses do ano, 389 migrantes conseguiram entrar em Ceuta e Melilla, uma queda significativa em relação aos 969 registrados no mesmo período de 2020.

No ano passado, 1.755 migrantes entraram nos dois enclaves por via terrestre, uma queda de 72% em relação ao ano anterior (6.346), em meio à pandemia do coronavírus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade