Publicidade

Estado de Minas MALABO

Explosões em campo militar deixam mais de 30 mortos na Guiné Equatorial


08/03/2021 07:21

Os corpos de 10 pessoas foram retirados dos escombros, nesta segunda-feira (8), um dia depois de quatro explosões acidentais em um campo militar e seus arredores, em Bata, na Guiné Equatorial - informou a televisão estatal, acrescentando que há pelo menos 30 mortos e 600 feridos.

Nenhuma autoridade confirmou este balanço, mas o Ministério da Defesa chegou a mencionar, na noite de domingo, 20 mortos e ao menos 600 feridos.

Ontem à noite, o presidente deste pequeno estado centro-africano, Teodoro Obiang Nguema, culpou os agricultores vizinhos pelas queimadas mal controladas e pela "negligência" dos militares, encarregados de vigiar o arsenal do campo de Nkoa Ntoma, na capital econômica do país.

As explosões devastaram os edifícios do campo que abrigavam as forças especiais e os gendarmes e suas famílias. Também destruíram, ou arrasaram, inúmeras casas nos bairros vizinhos.

"Dez corpos foram removidos dos escombros esta manhã pelos serviços de resgate, que retomaram as buscas", disse a televisão estatal TVGE.

Três crianças com 3 e 4 anos de idade foram retiradas com vida dos escombros esta manhã e levadas para o hospital geral de Bata, de acordo com a TVGE.

"Meu tio, um oficial do campo, acaba de ligar para nos dizer que esta manhã encontrou os corpos de cinco membros de sua família completamente queimados", disse um morador de Bata por telefone à AFP, pedindo para não ser identificado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade