Publicidade

Estado de Minas QUITO

Cinza do vulcão Sangay afeta cinco províncias e suspende voos em aeroporto no Equador


06/03/2021 19:49

A queda de cinza produzida pelo aumento do processo eruptivo do vulcão equatoriano Sangay afetava neste sábado (6) cinco províncias equatorianas e provocou a suspensão das operações no aeroporto de Guayaquil (sudoeste), informaram as autoridades.

Devido à "queda de cinza do vulcão #Sangay, de acordo com o monitoramento realizado pela @Riesgos_Ec, as províncias afetadas são #Chimborazo, #Guayas, #Bolívar, #LosRíos e #Cañar", alertou pelo Twitter o Serviço Nacional de Gestão de Riscos e Emergências do Equador (Sngre).

A Direção Geral de Aviação Civil (Dgac) do Equador publicou posteriormente na mesma rede social: "#Atenção: Devido à presença de #cinza do #vulcão #Sangay, as operações aéreas do aeroporto de #Guayaquil estão suspensas", acrescentou, sem dar maiores detalhes sobre o tempo em que durará a restrição.

Em setembro, as emissões de cinza também atingiram Guayaquil (capital de Guayas), provocando o fechamento temporário de seu terminal aéreo.

Conforme o boletim mais recente do estatal Instituto Geofísico, encarregado do monitoramento da atividade sísmica e vulcânica no Equador, "continua-se observando emissão de cinza do vulcão Sangay a 2 km de altitude do nível da cratera".

O Serviço Integrado de Segurança ECU911 publicou mais cedo vídeos e imagens de várias localidades cobertas por um manto cinza.

Os registros foram especialmente da andina Chimborazo (sul), de meio milhão de habitantes, que está em alerta amarelo (anterior ao laranja e ao vermelho, de máxima periculosidade) desde junho passado por causa da erupção do vulcão.

O Sangay, de 5.230 metros de altitude e situado 195 km ao sul de Quito, é um dos vários vulcões equatorianos em erupção há anos, como o Tungurahua e o Cotopaxi, ambos ao sul de Quito.

Situado na província amazônica de Morona Santiago (sudeste e fronteiriça com o Peru), é um dos mais ativos e o último vulcão ao sul do Equador. Está em atividade eruptiva constante desde 1628, segundo o Instituto Geofísico.

Twitter


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade