Publicidade

Estado de Minas NOVA YORK

Wall Street fecha em forte alta após dados positivos sobre emprego


05/03/2021 21:18

A Bolsa de Nova York fechou em forte alta nesta sexta-feira (5), influenciada por dados positivos sobre o emprego em fevereiro, que superaram as preocupações com uma inflação iminente, e após uma semana marcada por um forte aumento das taxas de juros dos títulos americanos para 10 anos.

O Dow Jones Industrial Average, índice de referência da bolsa americana, fechou em alta de 1,85%, a 31.496,30 pontos, enquanto o índice ampliado S&P; 500 subiu 1,55%, encerrando a 3.841,94. O tecnológico Nasdaq ganhou 1,55%, terminando em 12.920,15 pontos. "Vimos uma reversão hoje desde a abertura", destacou Peter Cardillo, da Spartan Capital Securities.

A economia americana gerou mais empregos do que o esperado em fevereiro, graças a uma flexibilização das medidas restritivas contra o coronavírus, o que antevê um forte aumento do consumo nos próximos meses. Foram criados no total 379.000 empregos em fevereiro e a taxa de desemprego diminuiu levemente, para 6,2%, informou o Departamento do Trabalho nesta sexta-feira.

As novas contratações ocorreram principalmente no setor hoteleiro e de lazer, que tinha sido duramente afetado pelas restrições impostas na pandemia, e que criou em fevereiro 355.000 postos de trabalho. Os analistas esperavam no total 200.000 novos postos de trabalho.

Na semana, o Nasdaq caiu 2,06%, o Dow Jones subiu 1,85% e o S&P; 500, 0,81%. "Se os rendimentos obrigatórios se estabilizarem onde estão", ou seja, um pouco acima de 1,5% para os títulos do Tesouro para 10 anos, "podemos dizer que o mercado terminou de cair", indicou Cardillo.

O aumento dos juros dos títulos para 10 anos alcançou um máximo em um ano, a 1,62%, no fim da manhã, antecipando um aumento da inflação nos Estados Unidos devido à recuperação econômica, cenário que poderia levar o Federal Reserve a subir os juros, uma possibilidade que o presidente da instituição, Jerome Powell, descarta a curto prazo, por considerar qualquer eventual alta da inflação uma situação temporária.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade