Publicidade

Estado de Minas WELLINGTON

Nova Zelândia emite alerta de tsunami após tremor de magnitude 7,8


04/03/2021 21:22 - atualizado 04/03/2021 21:26

Um alerta de tsunami foi emitido após um forte terremoto de magnitude 7,8 nas remotas ilhas Kermadec, na Nova Zelândia, no oceano Pacífico, informaram as autoridades, que determinaram a evacuação do litoral nordeste do país.

O tremor, registrado depois de outros dois sismos de magnitudes 7,4 e 6,9 na mesma região, ocorreu às 08h28 locais (16h28 de Brasília) a 1.033 km da costa neozelandesa, informou o Serviço Geológico dos Estados Unidos.

O centro de alerta para tsunamis do Pacífico, com sede no Havaí, informou que é possível a ocorrência de ondas em Nova Zelândia, Tonga, Niue, Samoa americana, Samoa, ilhas Cook, Fiji, Vanuatu, Tokelau, e Wallis e Fortuna.

"Habitantes das zonas costeiras (...) devem partir imediatamente para a área elevada mais próxima, fora de todas as zonas de evacuação e terra adentro", pediu a agência neozelandesa de gestão de emergências.

"Ondas de tsunami foram observadas", alertou o centro de alerta de tsunami, com sede no estado americano do Havaí.

A fonte acrescentou que pequenas ondas foram registradas perto da capital de Tonga, Nuku'alofa.

Do outro lado do Pacífico, o Peru também emitiu um alerta de tsunami após o sismo na Nova Zelândia.

"Após o sismo [...] ocorrido nas ilhas Kermadec (Oceania), o DHN (Direção de Hidrografia e Navegação) do Peru informa que gera um alerta de tsunami no litoral peruano", anunciou o Centro de Operações de Emergência Nacional (COEN) no Twitter.

"Estima-se a chegada das ondas durante a madrugada de 5 de março" na costa peruana, de 3.000 km de extensão, do Equador ao Chile, acrescentou.

O COEN explicou que o alerta foi emitido "para que a população se prepare para evacuar para áreas seguras e elevadas, se assim determinarem as autoridades".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade