Publicidade

Estado de Minas ROMA

Lombardia anuncia mais restrições; Sardenha flexibiliza medidas


27/02/2021 13:55

O governo italiano endureceu ainda mais as restrições em várias regiões, incluindo a Lombardia (norte), como parte da luta contra a covid-19, ao mesmo tempo que suspendeu quase todas as restrições na Sardenha, segundo um porta-voz do Ministério da Saúde.

As 20 regiões italianas se dividem em zonas amarelas (risco moderado), laranjas (risco médio) e vermelhas (risco alto).

Pela primeira vez, uma região, a Sardenha, passará a ser uma zona branca, onde são retiradas a grande maioria das restrições, exceto o uso obrigatório de máscaras e o distanciamento social.

Durante três semanas consecutivas, a Sardenha registra menos de 50 novos casos de covid-19 para cada 100 mil habitantes, o principal critério para passar à zona branca, onde os restaurantes também abrem à noite. Cinemas, teatros, academias de ginástica e piscinas também poderão reabrir.

Porém, diante do aumento de novos casos e de novas variantes mais contagiosas no resto da Itália, a Sardenha decidiu abrir suas atividades com cautela, "sob vigilância", disse o secretário de Saúde da ilha mediterrânea, Mario Nieddu à agência AGI.

Uma reunião entre as autoridades locais, o ministério da Saúde e o Instituto Superior de Saúde (ISS) definirá as modalidades da mudança para zona branca, que entrará em vigor em 1º de março.

No mesmo dia, a Lombardia, pulmão econômico da Itália, passará, junto com Piemonte e Marcas, de amarelo para laranja.

A Itália registra quase 100 mil mortes desde o início da pandemia e sua economia enfrenta a pior recessão desde a Segunda Guerra Mundial.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade