Publicidade

Estado de Minas LONDRES

Londres quer negociar circulação de artistas com cada um dos países da UE


16/02/2021 15:05

O governo britânico anunciou, nesta terça-feira (16), que planeja realizar acordos separadamente com cada um dos 27 Estados-membros da UE para permitir que os artistas circulem sem visto dentro da União Europeia, o que não podem mais fazer por causa do Brexit.

Após abandonar a UE em 31 de dezembro de 2020 definitivamente, depois de um período de transição, o governo britânico sofreu uma chuva de críticas por não ter negociado viagens sem visto para artistas e suas equipes em turnê, em meio ao acordo de livre comércio com a UE.

Em declarações a uma comissão parlamentar, a secretária de Estado de Cultura, Caroline Dinenage, afirmou que embora "a porta continue aberta" para mais discussões com a UE, alcançar uma solução com os 27 juntos seria algo "muito complicado".

Em sua opinião, o governo britânico teria mais probabilidades de sucesso fazendo "negociações com os Estados individualmente".

"O problema maior é sobre as licenças de trabalho e isso é competência dos Estados-membros a título individual. É por isso que estamos trabalhando com esta abordagem", explicou Dinenage.

Os deputados ouviram argumentos de representantes do setor, que descreveram um panorama sombrio para seu futuro se as viagens dentro da UE não forem facilitadas.

"Acredito que o impacto negativo do Brexit nas indústrias criativas e, especialmente para os (artistas) independentes, se tornou ainda mais brutal", apontou Deborah Annetts, diretora executiva da Incorporated Society of Musicians.

"Já é uma crise. Acreditamos que deve haver discussões entre o governo e a Comissão Europeia", acrescentou, destacando o impacto duplo do Brexit junto com a pandemia de coronavírus para os artistas.

"Ouvimos declarações de pessoas que disseram coisas como: 'tenho a impressão de que devo escolher entre ser britânico ou músico', disse Paule Constable, membro do coletivo de trabalhadores independente Freelancers Make Theatre Work.

Uma petição apoiada por estrelas britânicas para exigir a isenção de vistos para artistas e profissionais da música reuniu mais de 280.000 assinaturas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade