Publicidade

Estado de Minas KIEV

Quatro detidos após incêndio em casa de repouso na Ucrânia


22/01/2021 13:37

Quatro pessoas foram presas na Ucrânia devido ao incêndio no dia anterior em uma casa de repouso do leste do país e no qual 15 pessoas morreram, anunciaram as autoridades, que decretaram um dia de luto nacional.

"Quatro pessoas foram presas", disse no Facebook a procuradora-geral do país, Irina Venediktova.

Os quatro detidos são o proprietário do local, situado em Jarkov, no leste da Ucrânia; o homem que alugava o estabelecimento e sua esposa, que dirigia o local, e o gerente da casa.

Venediktova afirmou que há três hipóteses em análise: um incêndio criminoso, um curto-circuito ou uma má utilização dos aparelhos elétricos.

O presidente ucraniano, Volodimir Zelenski, visitou o local nesta sexta pela manhã e decretou um dia de luto nacional para sábado.

O incêndio aconteceu na noite de quinta-feira em um lar de idosos nos arredores de Jarkov. Quinze pessoas morreram e nove foram resgatadas, cinco delas foram hospitalizadas.

"O fogo se propagou muito rápido e todas as pessoas do segundo andar tinham dificuldades de mobilidade ou doenças mentais", disse à Zelenski o vice-ministro do Interior, Sergiy Yarovyi, no local.

Segundo as autoridades, os residentes pagavam, em média, mais de 400 euros mensais, um valor alto para a Ucrânia. A residência não estava registrada oficialmente e funcionava de forma ilegal.

O presidente afirmou que é preciso inspecionar esse tipo de estabelecimento em todo o país, um "desafio importante".

Além disso, Zelenski acrescentou que a polícia já encontrou outros seis estabelecimentos desse tipo em Jarkov.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade