Publicidade

Estado de Minas NAÇÕES UNIDAS

Chefe da ONU pede a Israel que desista de novos assentamentos na Cisjordânia


18/01/2021 22:25

O secretário-geral da ONU, Antonio Guterres, pediu nesta segunda-feira (18) que Israel "pare e reverta" sua recente decisão de construir cerca de 800 casas na Cisjordânia ocupada.

A decisão é "um grande obstáculo para alcançar uma solução de dois Estados e uma paz justa, permanente e completa" no Oriente Médio, disse Guterres em um comunicado.

"O estabelecimento de colônias israelenses nos territórios ocupados desde 1967, incluindo Jerusalém Oriental, não tem validade legal e constitui uma violação flagrante do direito internacional", enfatizou.

O aumento de colônias "aumenta o risco de confronto, mina ainda mais o direito do povo palestino e a possibilidade de acabar com a ocupação e o estabelecimento de um Estado palestino soberano contíguo e viável, baseado nos limites pré-1967", concluiu Guterres.

Israel aprovou no domingo a construção de 780 casas na Cisjordânia, uma medida ordenada na semana anterior pelo primeiro-ministro Benjamin Nethanyahu.

Mais de 450.000 israelenses residem nas colônias na Cisjordânia, onde vivem 2,8 milhões de palestinos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade