Publicidade

Estado de Minas MONTREAL

Air Canada corta 1.900 empregos por causa da pandemia


13/01/2021 16:42

A companhia aérea canadense Air Canada anunciou nesta quarta-feira (13) o corte de 1.900 empregos após a imposição de novas restrições de viagens pelo governo do país para conter a disseminação do coronavírus.

As demissões chegarão a "cerca de 1.700 funcionários, sem contar os mais de 200 funcionários do setor de transporte Air Canada Express" de viagens regionais, informou a empresa em um comunicado.

Desde o começo da pandemia de covid-19 no início do ano passado, a companhia já eliminou cerca de 20.000 postos de trabalho, mais de 50% de seu quadro de funcionários.

Além disso, a capacidade de voo da Air Canada será reduzida em mais 25% no primeiro trimestre de 2021.

Desde a semana passada, passageiros com mais de 5 anos devem apresentar teste negativo de coronavírus realizado há menos de três dias para embarcar em um avião com destino ao Canadá.

A medida foi adotada depois que a mídia revelou que vários líderes políticos canadenses estavam de férias no exterior, enquanto as autoridades desaconselhavam viagens, gerando polêmica.

Os viajantes também devem cumprir uma quarentena obrigatória de 14 dias após chegarem ao país.

A Air Canada, assim como suas concorrentes, enfrenta uma queda brutal no fluxo de passageiros, estimada em 88% no terceiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período do ano anterior, assim como uma diminuição de sua receita.

AIR CANADA

WESTJET AIRLINES


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade