Publicidade

Estado de Minas

Petróleo sobe, apesar das perspectivas difíceis para a demanda


15/12/2020 19:07

Os preços do petróleo continuaram subindo nesta terça-feira (15), após alcançarem nos últimos dias níveis anteriores aos da pandemia, apesar das perspectivas de uma demanda fraca.

O barril de Brent do Mar do Norte para entrega em fevereiro subiu 0,93%, a 50,76 dólares em Londres.

E o barril de WTI para entrega em janeiro subiu 1,34%, a 47,62 dólares.

A Agência Internacional de Energia (AIE) espera uma recuperação do consumo de petróleo menor que o esperado em 2021, principalmente devido à revisão para baixo da demanda do combustível de aviação.

Depois de prognósticos similares da Opep, "um consenso começa a surgir entre as grandes agências de energia: a recuperação da demanda, prevista para o começo do ano que vem, poderia chegar no começo do segundo semestre", resumiu Tamas Varga, analista da PVM.

Os anúncios de vacinas bem sucedidas fizeram subir os preços do petróleo nas últimas semanas, na perspectiva de um aumento da atividade econômica no futuro.

"Claramente, a fragilidade do dólar e o risco geopolítico" sustentam os preços, explicou Varga.

Um petroleiro foi atacado na segunda por um navio carregado de explosivos perto do porto de Jidá, na Arábia Saudita, anunciaram as autoridades.

Por enquanto, o ataque não foi reivindicado, mas nos últimos meses, os rebeldes huthis do vizinho Iêmen intensificaram os ataques contra a Arábia Saudita, em represália à campanha militar que realizam nesse país, em apoio ao governo iemenita.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade