Publicidade

Estado de Minas

Confrontos entre manifestantes rivais deixam três mortos no Iraque


27/11/2020 14:19

Três pessoas foram mortas a tiros, e dezenas ficaram feridas nesta sexta-feira (27), no sul do Iraque, em confrontos entre manifestantes antigoverno e partidários do clérigo xiita Moqtada al-Sadr - disseram fontes médicas.

A violência explodiu, quando dezenas de milhares de apoiadores de Al-Sadr tomaram as ruas de Bagdá e da cidade de Nasiriyah, no sul, em uma demonstração de força, enquanto se intensificavam os preparativos para as eleições parlamentares de junho.

O grande número de participantes ofuscou o movimento rival, dominado por jovens, que eclodiu em outubro de 2019, mas se esgotou nos últimos meses, devido a tensões geopolíticas e à nova pandemia de coronavírus.

O primeiro-ministro Mustafa al-Kadhemi convocou eleições antecipadas em junho de 2021, quase um ano antes do que o previsto, para cumprir uma demanda do movimento de protesto do ano passado, que também incluía partidários de Al-Sadr.

Nesta sexta-feira, os seguidores do clérigo atacaram um acampamento de barracas de manifestantes antigoverno na Praça Habubi de Nassiriya, disse Mohamad al-Khayyat, líder desse movimento.

"Partidários de Al-Sadr armados com pistolas e revólveres vieram tentar tirar nossas barracas. Tememos que possa haver mais violência", afirmou Khayyat.

Fontes médicas disseram à AFP que cerca de 50 pessoas ficaram feridas, nove delas baleadas.

Depois de confirmar inicialmente uma morte, os médicos anunciaram que dois feridos não resistiram.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade