Publicidade

Estado de Minas

'Merece nossa gratidão eterna', diz Infantino sobre Maradona


25/11/2020 18:25

O presidente da Fifa, Gianni Infantino, elogiou a carreira de Diego Maradona, que faleceu nesta quarta-feira aos 60 anos, avaliando que o ídolo argentino merece "eterna gratidão" por sua contribuição ao futebol.

"Sempre o disse e repito agora, mais convencido do que nunca: o que o Diego fez pelo futebol, para que todos nós nos apaixonemos pelo jogo bonito, é único. É, assim como ele, simplesmente imenso ... O Diego merece o nosso eterna gratidão por nos ter maravilhado com o seu incrível talento e sim, por ter sido único e inimitável: por ter sido Diego Armando Maradona, uma lenda, um herói e um homem", afirmou Infantino em nota divulgada pela entidade que rege o futebol mundial.

"Hoje é um dia incrivelmente triste. Nosso Diego nos deixou. Nossos corações - aqueles de todos nós que o amamos pelo que ele foi e pelo que ele representou - pararam de bater por um momento. Nosso silêncio, nossas lágrimas, nossa dor é a única coisa que sentimos agora", destacou o dirigente.

Maradona mantinha relações frias, senão contrárias, com os dirigentes do futebol.

Quando Infantino assumiu a presidência da Fifa no início de 2016, após o longo 'reinado' de Joseph Blatter, acreditava-se que o rumo dessas relações seria alterado, mas Maradona manteve distância e suas críticas à nova dretoria.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade