Publicidade

Estado de Minas

Chefe do Executivo de Hong Kong promete restabelecer a "ordem" em seu discurso anual


25/11/2020 08:30

A chefe do Executivo de Hong Kong, Carrie Lam, prometeu nesta quarta-feira restabelecer a lei e a ordem, em seu discurso anual no Parlamento local, onde praticamente só havia deputados favoráveis a Pequim.

Lam apresentou seus projetos para o território semiautônomo em seu discurso anual de política geral, que havia sido adiado por mais de um mês.

"Uma das prioridades mais urgentes é restabelecer a ordem constitucional e o sistema político de Hong Kong após o caos", declarou Lam no Conselho Legislativo (LegCo).

O território, que deve ser beneficiado por uma grande autonomia até 2047 com base no princípio "um país, dois sistemas", foi cenário no ano passado de vários meses de manifestações, em alguns casos violentas.

As restrições contra a pandemia provocaram calma nas ruas de Hong Kong, assim como a entrada em vigor em junho de uma lei sobre segurança nacional imposta por Pequim.

"Hong Kong recebeu um número sem precedentes de golpes", admitiu Lam, que citou os distúrbios, a contração da economia, a pandemia e os atos que "ameaçaram a segurança nacional".

Pela primeira vez o Parlamento local não tinha quase nenhum deputado da oposição.

Há duas semanas, 15 deputados pró-democracia renunciaram para protestar contra a expulsão de quatro colegas, medida decidida com base em uma resolução adotada por um dos principais comitês legislativos da China.

Esta resolução permite revogar os direitos de políticos considerados uma ameaça para a segurança nacional, sem a necessidade de passar por um tribunal.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade