Publicidade

Estado de Minas

Ex-professor taiwanês é condenado na China por espionagem


25/11/2020 07:55

O ex-professor taiwanês Shih Cheng-ping foi condenado a quatro anos de prisão por espionagem na China - informaram as autoridades chinesas nesta quarta-feira (25), um anúncio que degrada ainda mais as relações entre Pequim e Taipei.

"Shih Cheng-ping foi considerado culpado de espionagem e condenado a quatro anos de prisão" por um tribunal na província de Anhui (leste), anunciou Zhu Fenglian, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan, um órgão do governo chinês.

Nascido em 1960, Shih Cheng-ping é ex-professor da Universidade Normal de Taiwan e também ex-economista-chefe do conglomerado chinês Huaxia Group.

Desaparecido em agosto de 2018 na China continental, ele reapareceu em outubro de 2020 na televisão pública chinesa CCTV, onde "reconheceu" que havia realizado atividades de espionagem.

O ex-professor afirmou então que, fazendo-se passar por membro de uma consultoria, transferiu, mediante pagamento, vários documentos para os serviços de Inteligência de Taiwan.

A CCTV transmite, com frequência, "confissões" de réus que ainda não foram julgados. Organizações de direitos humanos acusam a China de obtê-las sob coação.

Em reação nesta quarta-feira, o Conselho de Assuntos do Continente, principal órgão de Taiwan para assuntos relativos à China, denunciou a condenação de Shi Cheng-ping e as acusações "totalmente infundadas" contra ele.

"Expressamos nossa enérgica insatisfação com essas lamentáveis manobras do continente que censuram deliberadamente os intercâmbios acadêmicos normais (...) e ameaçam o povo taiwanês, minando gravemente as relações bilaterais", disse o comunicado.

As relações entre Pequim e Taipei têm sido tensas desde a chegada ao poder, em 2016, da presidente taiwanesa, Tsai Ing-wen, cujo partido milita, tradicionalmente, por uma declaração de independência formal para a ilha. Esta é uma linha vermelha para a China.

Pelo menos outros dois taiwaneses estão detidos na China por espionagem.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade