Publicidade

Estado de Minas Mistério

Gosma verde escorre em buraco no meio da rua no Canadá e intriga população

Líquido verde foi fotografado em avenida de Toronto e imagens logo viralizaram nas redes sociais


24/11/2020 20:44 - atualizado 24/11/2020 20:57

Cor da água intrigou os moradores de Toronto, no Canadá (foto: Reprodução/Twitter)
Cor da água intrigou os moradores de Toronto, no Canadá (foto: Reprodução/Twitter)
Pedestres que circulavam pela Avenida Hastings, em Toronto, Canadá, dias atrás, assustaram-se quando viram uma gosma verde fosforescente saindo de uma rachadura no asfalto. Material radioativo? Fim do mundo? As teorias apocalípticas — e repletas de humor — logo ganharam a internet, após as fotos do estranho líquido chegarem às redes sociais.

A explicação, porém, é um tanto mundana e tranquilizadora. Segundo apurou a imprensa local, a gosma é só um produto aplicado pela companhia de esgoto de Toronto para verificar se um buraco que havia surgido no asfalto tinha conexão com a rede de saneamento da cidade.

"Uma equipe inspecionou o buraco. Buracos desse tipo podem ser resultado de esgoto danificado ou colapsado. Para verificar se o buraco está conectado com a tubulação subterrânea, uma tinta verde e não tóxica foi colocada no buraco enquanto o bueiro mais próximo era observado para ver se surgiria traços da tinta no fluxo do esgoto", informou o jornalista Richard Southern, da 680NEWS.

Tartarugas Ninjas

Southern lembrou ainda a semelhança entre a gosma verde e o líquido radioativo que, após vazar em um acidente de trânsito, transforma quatro adolescentes nas Tartarugas Ninjas, desenho animado que fez grande sucesso nos anos 1990 e deu origem a uma franquia de igualmente bem-sucedida no cinema.

"Poderia ser um sinal de que as Tartarugas Ninjas haviam aparecido em Toronto, mas a Prefeitura diz que é apenas uma tinta não tóxica", escreveu.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade