Publicidade

Estado de Minas

Estrelas do esporte americano comemoram vitória de Joe Biden


07/11/2020 21:01

Do 'rei' da NBA LeBron James à bi-campeã mundial de futebol e ativista Megan Rapinoe, as estrelas do esporte americano saudaram a vitória de Joe Biden, presidente eleito dos Estados Unidos neste sábado.

No Twitter, LeBron postou um pequeno vídeo que o mostra fumando um charuto repetidamente logo após sua quarta coroação da NBA, vencida no início de outubro pelos Lakers com a seguinte legenda: "Mais do que um voto".

Outra 'vitória' do "Rei" que fez uma intensa campanha para que o voto negro pesasse nas eleições presidenciais dos Estados Unidos.

O líder dos Lakers, junto com outras personalidades do esporte e da cultura, criou uma associação cujo objetivo era convencer o eleitorado negro a ir às urnas, depois que um baixo número de votos da comunidade afro-americana acabou beneficiando Donald Trump nas eleições de 2016.

LeBron também postou uma foto de um famoso lance na final de 2016 que venceu com o Cleveland Cavaliers contra o Golden State Warriors. Uma jogada contra André Iguodala, e na imagem as cabeças foram trocadas pelas de Biden e Trump.

"Parabéns para o presidente eleito Joe Biden e a vice-presidente eleita Kamala Harris! Eles fizeram uma campanha com lealdade e honestidade e sei que vão liderar este país com o mesmo respeito. Joe Biden vai curar e reunir este país. Dito isso, não existe nem vermelho e nem azul, mas só americanos", tuitou a lenda dos Lakers, Magic Johnson.

"Os Estados Unidos confiaram no processo (de votação) e rendeu frutos", disse Joel Embiid, astro do Philadelphia Sixers na NBA, a cidade onde a contagem contínua de votos permitiu que Biden ultrapassasse Trump na Pensilvânia, um estado importante que acabou confirmando sua vitória.

Kyle Lowry, armador e líder dos Raptors da NBA, usou a frase "Seus votos contam!!!" para destacar a importância crucial de continuar o processo de contagem que Donald Trump quis parar, em vão.

Por sua vez, a estrela do futebol feminino Megan Rapinoe tuitou "parabéns ao presidente eleito Joe Biden e à vice-presidente Kamala Harris".

"Não posso subestimar o quão histórico e incrível isso é para Kamala Harris, para as mulheres negras e do sul da Ásia em todos os lugares e para a América. Nunca vamos olhar para trás, nunca", escreveu a campeã mundial Rapinoe, de 34 anos, mais cedo, em uma terceira mensagem, para dizer "obrigado às mulheres negras".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade