Publicidade

Estado de Minas CORRIDA À CASA BRANCA

Eleições nos EUA: Biden bate recorde ao atingir marca de 70 milhões de votos

Representante do Partido Democrata faz história ao disputar a liderança da Casa Branca com Donald Trump, candidato à reeleição


04/11/2020 17:09

Definição para Biden vai depender dos resultados nos estados de Michigan, Wisconsin e Nevada(foto: ANGELA WEISS / AFP)
Definição para Biden vai depender dos resultados nos estados de Michigan, Wisconsin e Nevada (foto: ANGELA WEISS / AFP)
O candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, Joe Biden, bateu recorde e se tornou o primeiro presidenciável da história americana a alcançar a marca de 70 milhões de votos. Ele disputa o cargo com o atual presidente dos EUA, o republicano Donald Trump

A participação popular, que não é obrigatória no país, nestas eleições já é considerada a maior em 112 anos. Estima-se que 157 milhões de norte-americanos votaram para eleger o novo presidente, o equivalente a 65,7% das pessoas com direito a voto no país.  

No entanto, diferentemente do Brasil, o número de votos total não é o suficiente para eleger o próximo presidente dos Estados Unidos. O sistema eleitoral do país contabiliza os votos em cada estado - que tem um número específico de delegados. Esses delegados, por sua vez, irão representar os eleitores do seu estado, confirmando a maioria dos votos populares em determinado candidato.

O democrata e ex-vice-presidente dos Estados Unidos, até o momento, está à frente do atual presidente na corrida à Casa Branca: Biden conta com 238 delegados contra 213 de Trump. Para vencer a eleição, é presico conquistar, no mínimo, 270 delegados. 

A definição para Biden vai depender dos resultados nos estados de Michigan, Wisconsin e Nevada, onde aparece na frente. Ganhando nas três regiões, o democrata chegaria aos exatos 270 delegados que precisaria para vencer contra o opositor republicano. Trump segue em vantagem na apuração dos estados da Geórgia, Carolina do Norte e Alasca, o que pode lhe levar aos 268 delegados.

(foto: Frederic J. BROWN/AFP - 26/10/20)
(foto: Frederic J. BROWN/AFP - 26/10/20)

Acompanhe a apuração nos EUA

Como funciona o Colégio Eleitoral?

Os 538 integrantes do chamado Colégio Eleitoral se reúnem nas respectivas capitais de seus estados a cada quatro anos após a eleição para designar o vencedor. Para vencer, um candidato à presidência deve obter a maioria absoluta dos votos do Colégio: 270. Saiba como funcionam os colégios eleitorais.

Sistema eleitoral complexo é desafio

Pandemia de COVID-19 aumentou votação pelo correio ou antecipado, o que representa um desafio técnico, humano e também legal em milhares de jurisdições. Saiba o que pode dar errado na apuração dos votos nos EUA.

Planos de governo de Trump e Biden

Confira as principais propostas de governo de Trump e Biden para os Estados Unidos e o mundo neste infográfico interativo. Separamos oito assuntos-chave para mostrar quais são os projetos dos republicanos e dos democratas.

O que muda para o Brasil?

Vitória do democrata ou do republicano terá implicações sobre o aprofundamento das relações comerciais bilaterais entre os países, sobre a política externa brasileira e o posicionamento político ideológico de Jair Bolsonaro no âmbito internacional, avaliam especialistas em política externa. Entenda o que muda para o Brasil.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade