Publicidade

Estado de Minas

Azerbaijão e Armênia trocam acusações sobre violação do cessar-fogo


26/10/2020 06:06

Armênia e Azerbaijão trocaram acusações sobre a violação do cessar-fogo destinado a encerrar as hostilidades pelo controle do território de Nagorno Karabakh, que deveria ter entrado em vigor nesta segunda-feira.

O ministério das Relações Exteriores do Azerbaijão acusou as forças armênias de terem bombardeado a cidade de Terter e as localidades próximas.

O ministério da Defesa da Armênia denunciou disparos de artilharia inimigos contra suas posições em vários pontos da frente de batalha.

Os dois lados denunciaram uma "grave violação" da trégua por parte do outro lado beligerante.

A trégua, a terceira desde o início dos combates em 27 de setembro, foi negociada pelos dois países em Washington e deveria começar às 8H00 locais (1H00 de Brasília).

"Isto demonstra mais uma vez que a Armênia apoia apenas no papel o princípio de uma trégua humanitária", afirmou Hkimet Gadjiev, conselheiro do presidente azerbaijano Ilham Aliev.

"De fato, protegendo-se por trás da trégua, tenta reagrupar (suas forças) para tentar adotar novas posições", completou.

O ministério da Defesa de Nagorno Karabakh denunciou disparos de artilharia contra suas posições em diversos pontos.

Também afirmou que as forças sob seu controle "respeitam estritamente os acordos concluídos e que as acusações do inimigo não têm nada a ver com a realidade".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade