Publicidade

Estado de Minas

Obama pede que eleitores de Biden ignorem pesquisas e compareçam às urnas


21/10/2020 20:54

O ex-presidente americano Barack Obama convocou nesta quarta-feira os apoiadores do candidato presidencial democrata, Joe Biden, a participar das eleições de 3 de novembro e não se acomodar com as pesquisas favoráveis, durante um discurso em que também criticou seu sucessor, Donald Trump.

"Não podemos ficar confiantes. Não me importo com as pesquisas", disse Obama durante um comício na Filadélfia, estado da Pensilvânia.

Em sua primeira aparição na campanha para apoiar Biden, Obama lembrou que, em 2016, "houve um monte de pesquisas" favoráveis à candidata democrata, Hillary Clinton, "e não funcionou, porque muita gente ficou em casa, ficou com preguiça e confiante. Desta vez, não. Não nesta eleição."

Obama criticou o desempenho do governo Trump e seu estilo provocativo, que contrasta com o de Biden, vice-presidente durante seus oito anos na Casa Branca. "Isto não é um reality show, é a realidade. E o restante de nós teve que viver com as consequências de ele ter se mostrado incapaz de levar o trabalho a sério."

"Nossa democracia não irá funcionar se as pessoas que deveriam ser nossos líderes mentem todos os dias e simplesmente inventam coisas. E nos tornamos insensíveis a isso", lamentou o ex-presidente


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade