Publicidade

Estado de Minas

EUA sanciona chefe do banco central da Síria


30/09/2020 13:43

Estados Unidos sancionou, nesta quarta-feira (30), o chefe do banco central da Síria e outras 16 pessoas e entidades em uma tentativa de evitar que o presidente Bashar al-Assad permaneça no poder sem responder antes pelas atrocidades cometidas em nove anos de guerra civil.

"Quem continuar apoiando o brutal regime de Bashar al-Assad, estará possibilitando sua corrupção e violações aos direitos humanos", disse em uma nota o secretário do Tesouro, Steven Mnuchin.

Ao seu lado, o chefe da diplomacia, Mike Pompeo, disse que as sanções "não irão parar até que o governo de Assad e seus facilitadores deem passos irreversíveis para encerrar sua campanha de violência contra o povo sírio".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade