Publicidade

Estado de Minas COVARDIA

Professora é condenada à morte após envenenar 25 alunos na China

Uma das crianças envenenadas acabou morrendo


29/09/2020 11:53 - atualizado 29/09/2020 12:12

Uma professora foi condenada à morte, na China, depois de ter envenenado 25 alunos. Todos têm idade entre três e seis anos, e um deles acabou morrendo.

A professora Wang Yun foi considerada culpada pelo tribunal tribunal da cidade de Jiaozuo, na província de Henan, no Centro do país. Ele colocou nitrito de sódio no mingau que é dado aos alunos.

O fato ocorreu em 27 de março do ano passado. Ela teria tomado a atitude depois de uma discussão com outro professor que também trabalha no jardim de infância, de sobrenome Sun. Eles discutiram sobre qual seria a melhor forma de lidar com os alunos.

Ela, então, colocou o nitrito, que havia comprado pela internet, no mingau que é dado pela escola e estava destinado aos alunos do outro professor. Usado para conservar carne, o nitrito de sódio, se consumido em altas quantidades, pode ser muito tóxico.

O tribunal anunciou que Wang tinha conhecimento que o produto era nocivo, e ainda assim colocou na comida das crianças 'sem preocupações para as consequências', publicou o tribunal. A corte ainda descreveu os motivos como 'desprezíveis' e 'perversos'.

É a segunda vez que a professora se envolve em um envenenamento. Em 2017, ela recorreu a estas práticas, segundo a justiça, para envenenar seu marido após uma briga.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade