Publicidade

Estado de Minas

Justiça russa bloqueia bens do opositor Navalny


24/09/2020 12:25

Um tribunal russo ordenou o bloqueio de bens do opositor Alexei Navalny, que está se recuperando na Alemanha de um suposto envenenamento - informou a porta-voz do político nesta quinta-feira (24).

A Justiça russa bloqueou em 27 de agosto, quando Navalny ainda estava em coma, suas contas bancárias, bem como a parte que pertence ao opositor de um apartamento em Moscou, informou a porta-voz Kira Yarmysh.

A ordem judicial está relacionada a uma ação movida por um conhecido empresário próximo ao Kremlin.

O bloqueio do imóvel significa que o apartamento da família de Navalny, localizado no sudeste de Moscou, não pode ser vendido, transferido, ou objeto de qualquer transação, segundo a porta-voz.

Navalny pode, no entanto, continuar morando nesse apartamento.

O opositor se sentiu muito mal em um voo entre a Sibéria e Moscou em 20 de agosto passado. Após um pouso de emergência, foi internado em um hospital russo antes de ser transferido para a Alemanha, a pedido de sua família.

Vários laboratórios especializados de Alemanha, França e Suécia determinaram que Navalny foi vítima de envenenamento por uma substância neurotóxica do tipo Novichok, concebida nos tempos soviéticos para fins militares. Moscou nega qualquer envolvimento.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade