Publicidade

Estado de Minas

Incêndio "sob controle" no campo de migrantes da ilha grega de Samos


20/09/2020 17:13

Um incêndio que conseguiu ser "controlado" estourou na noite deste domingo no centro de acolhimento e identificação de solicitantes de refúgio na ilha grega de Samos, relataram uma fonte policial e bombeiros.

"O fogo está controlado, mas dois ou três contêineres (nos quais os migrantes estavam alojados) foram destruídos sem causar feridos", disse a fonte policial.

Segundo a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, "três contêineres foram evacuados por precaução quando o incêndio começou".

"Os bombeiros estão no local, não há risco de que o fogo se espalhe", disse à AFP um assessor de imprensa dos bombeiros.

Este incêndio, declarado no domingo por volta das 20h30 (horário local), ocorre dez dias depois dos dois gigantescos incêndios que destruíram o grande campo de Moria, na ilha de Lesbos, conhecido pela superlotação e péssimas condições de vida.

Como o de Moria, o centro de Samos é um dos cinco campos implementados durante a crise migratória de 2015 em cinco ilhas gregas no Mar Egeu para conter o número de migrantes que chegam da vizinha Turquia.

As condições de vida neste campo, onde vivem cerca de 6.000 pessoas - quando a sua capacidade inicial era de 650 - também são muito difíceis.

Os campos de requerentes de refúgio na Grécia estão confinados desde meados de março devido a covid-19. A situação aumentou a tensão nos centros superlotados das ilhas onde o número de casos de novo coronavírus era de algumas dezenas até o início de setembro.

No campo de Samos, 21 casos de covid-19 foram detectados até agora, de acordo com as autoridades.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade