Publicidade

Estado de Minas

Câmara de Representantes dos EUA vota um plano de ajuda para o correio em meio à polêmica eleitoral


23/08/2020 09:37

A Câmara de Representantes dos Estados Unidos aprovou, neste sábado, um projeto de lei para reforçar con 25 bilhões de dólares o serviço postal e deter as mudanças que, segundo os democratas, ameaçavam o desenvolvimento das eleições de novembro, para as quais se espera um voto por correio em massa.

O projeto foi aprovado por 257 representantes e reprovado por outros 150 em uma câmara liderada pelos democratas, mas se espera que fracasse no Senado, dominado pelos republicanos, cujo líder, Mitch McConnell, o chamou de "truque partidário"

Trata-se de outra "piada dos democratas", comentou por sua vez o presidente Donald Trump.

Os analistas preveem um voto postal maciço nas eleições de novembro devido à pandemia de coronavírus, mas Trump se opôs a conceder mais fundos ao prejudicado Serviço Postal (USPS), que iriam ajudar a processar os votos.

O presidente, que está atrás do candidato democrata Joe Biden nas pesquisas, vinculou repetidamente e sem evidências a votação por correio com uma possível fraude eleitoral.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade