Publicidade

Estado de Minas

Epic Games vai distribuir prêmios antiapple em seu próximo torneio de Fortnite


21/08/2020 18:25

A Epic Games, desenvolvedora do Fortnite, irá distribuir tablets da Samsung e avatares antiapple como prêmios aos vencedores do próximo torneio do popular jogo, em protesto contra a gigante americana dos eletrônicos.

O motivo da discórdia é que a Apple fica com 30% da receita gerada pelas empresas que usam a App Store para distribuir seus aplicativos entre os dispositivos da marca, desde iPhones até iPads. Para a Epic Games e outras empresas, este percentual é elevado.

A desenvolvedora tentou, na semana passada, burlar o sistema de pagamento do sistema operacional iOS, da Apple, e esta última removeu imediatamente o Fortnite da App Store. O usuário de iOS que já tiver baixado o jogo não terá mais acesso às atualizações do mesmo, nem à próxima temporada, que será lançada no dia 27, assinalou em tom de ironia a Epic Games, em comunicado divulgado ontem.

A empresa incentiva o público a participar, neste domingo, do torneio #FreeFortnite Cup e se somar à "luta contra a App Store" nas redes sociais. Os jogadores poderão ganhar um avatar com cabeça de maçã, entre outros prêmios.

"Também ofereceremos 1,2 mil dispositivos (smartphones, consoles e PCs). O fato de que você não poderá jogar com o iOS não significa que não haja outros lugares excelentes para jogar Fortnite. Seja um dos 1,2 mil melhores comedores de maçã do mundo a ganhar um destes prêmios", incentiva a Epic Games. Os prêmios incluem tablets da Samsung, Playstations, Xboxs e consoles da Nintendo.

Devido à retirada do aplicativo da App Store, a Epic Games entrou com uma ação contra a Apple, que acusa de abuso de posição dominante em sua plataforma de download de aplicativos.

A desenvolvedora também tentou instalar no jogo um sistema de pagamento alternativo distribuído através do Android, sistema operacional da Google. Como penalização, a empresa também foi banida da Google Play Store, mas os jogadores usuários do Android podem baixar o aplicativo de outras formas, como diretamente da Epic Games Store.

A Apple não respondeu ao contato da AFP. O grupo californiano indicou, em diversas ocasiões, que as comissões lhe permitem garantir a segurança da App Store, tanto para os desenvolvedores quanto para os usuários.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade