Publicidade

Estado de Minas

Casal cultiva amor à distância na Guatemala após infecção por coronavírus


31/07/2020 18:13

Um jovem casal da Guatemala descobriu como cultivar seu amor durante o confinamento da mulher, no quinto andar de um hotel, após testar positivo para o novo coronavírus, o que levou os dois a adiarem o casamento.

Posicionado na rua de um hotel da capital transformado para atender pacientes com Covid-19, Miguel Ángel Taque, 26, valeu-se de um cartaz com a frase "Meu sorriso está pronto para quando você voltar" para homenagear a noiva, Yoselin Solórzano, 24.

Taque contou à AFP que o casamento estava marcado para 15 de agosto, mas que o sonho teve que ser adiado. Para conter a pandemia, o governo proibiu confraternizações e eventos sociais, culturais e esportivos e mandou fechar igrejas, centros comerciais, escolas e universidades.

"O amor tudo pode", disse Taque sobre a solução que encontrou para expressar seus sentimentos à noiva, que se recupera no centro habilitado pelo Instituto Guatemalteco do Seguro Social (IGSS). Ele tinha planejado fazer o pedido de casamento em uma lancha, no lago de Amatitlán, mas a pandemia mudou seus planos, motivo pelo qual ele fez o pedido via rede social e o anel de noivado foi entregue por uma empresa.

Yoselin contou pelo telefone à AFP que poderá deixar o hotel na próxima semana e cumprirá uma quarentena de 17 dias em casa. Ela é enfermeira e trabalha no hospital público de Puerto Barrios.

O casal remarcou a boda para 5 de dezembro, "se continuarmos avançando para uma possível normalidade", assinalou a noiva. Segundo dados oficiais, a Guatemala soma 49.789 casos de Covid-19.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade