Publicidade

Estado de Minas

Governo catalão suaviza ordem de confinamento em cidade de Lérida


29/07/2020 15:55

O governo regional catalão suspendeu nesta quarta-feira (29) algumas das restrições aplicadas em parte da província de Lérida (nordeste), onde 160.000 pessoas tiveram que ficar em suas casas por mais de três semanas, por causa de um forte surto do novo coronavírus.

"Com as medidas adotadas, conseguimos fazer com que a taxa de reprodução do vírus em Lérida fosse 1", informou o presidente regional, Quim Torra, citado em comunicado da Generalitat, o governo autônomo da Catalunha.

A taxa de contaminação, isso é, o contágio pela COVID-19, é um dos principais elementos verificados para controlar a pandemia. Uma transmissão fixada em 1 significa que a contaminação é transmitida apenas de uma pessoa para outra.

Moradores da cidade de Lérida e seis cidades vizinhas poderão sair dessa área confinada pela primeira vez desde 4 de julho.

Bares e restaurantes podem reabrir seus terraços até meia-noite e as lojas podem voltar a funcionar, embora o número de clientes seja limitado a metade de sua capacidade.

A Espanha, país onde o novo coronavírus já matou mais de 28.400 pessoas, tem centenas de surtos ativos em todo o território, metade desses localizados na Catalunha.

No último 18 de julho, o governo autônomo pediu aos quase quatro milhões de habitantes da área metropolitana de Barcelona que não deixassem suas casas, exceto para a realização de atividades essenciais.

Muitos países europeus, incluindo o vizinho França, desencorajaram seus cidadãos a viajar para a Espanha por causa do aumento no número de casos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade