Publicidade

Estado de Minas

Represa etíope do Nilo atingiu nível de enchimento previsto para primeiro ano


21/07/2020 19:55

A Etiópia anunciou nesta terça-feira (21) que alcançou o nível de enchimento esperado para o primeiro ano da reserva da represa que está construindo no Nilo. A Grande Barragem do Renascimento (Gerd), que pretende se tornar a maior instalação hidrelétrica da África, é fonte de fortes tensões com seus vizinhos Egito e Sudão.

O gabinete do primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed, afirmou em comunicado que a represa havia acumulado água suficiente para testar as duas primeiras turbinas, etapa fundamental para a barragem começar a produzir energia.

Os conflitos com o Egito e o Sudão podem aumentar ainda mais. Os países temem pelo abastecimento de água do Nilo e exigem que um acordo amplo sobre a represa e sua administração seja estabelecido antes do início do enchimento completo.

O anúncio acontece logo após uma reunião virtual entre as três nações, com apoio da União Africana, que não terminou em acordo. Segundo a declaração da Etiópia, o encontro permitiu que os países progredissem em uma "visão comum", mas novas "discussões técnicas sobre o enchimento" ainda são necessárias.

A presidência egípcia, por sua vez, expressou seu "desejo sincero" de que seja possível progredir rapidamente e atender "aos interesses dos três países". Já o primeiro-ministro sudanês, Abdala Hamdok, insistiu que o Sudão rejeita "qualquer medida unilateral adotada por um país", segundo o ministro da Irrigação e Água, Yasser Abas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade