Publicidade

Estado de Minas

Morre na Bolívia bispo italiano por coronavírus


postado em 15/07/2020 13:55

Um bispo católico da Bolívia, o italiano Eugenio Scarpellini, morreu nesta quarta-feira devido ao coronavírus, informou a Igreja Católica.

Scarpellini, de 66 anos e bispo da cidade de El Alto, vizinha de La Paz, faleceu "após contágio da COVID-19" e é o primeiro religioso a falecer devido ao vírus no país.

"Hoje teve duas paradas cardíacas e os médicos não puderam fazer nada", diz um relatório do sistema de comunicação da Igreja.

Nascido em Verdellino, Bergamo (norte da Itália), Scarpellini foi nomeado em 2013 bispo de El Alto, uma cidade andina localizada a 4.000 metros de altitude.

O religioso participou ativamente na pacificação do bairro de Senkata durante a repressão militar dos moradores de El Alto em novembro passado, após a renúncia do presidente Evo Morales, que terminou com 36 mortos.

El Alto, com quase um milhão de habitantes, concentra uma população indígena aymara em grande parte migrante.

Com uma população de 11 milhões de habitantes, a Bolívia superou os 50.000 infectados na terça-feira e registrou 1.898 mortes.

A presidente interina, Jeanine Áñez, e seis de seus 17 ministros contraíram o vírus este mês.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade