Publicidade

Estado de Minas

Livro de Bolton fornece informações 'enganosas' sobre Erdogan, diz Turquia


postado em 25/06/2020 10:37

As autoridades turcas denunciaram nesta quinta-feira (25) que o polêmico livro do ex-assessor de Donald Trump, John Bolton, possui informações "enganosas e manipuladas" sobre o presidente Recep Tayyip Erdogan.

Bolton afirma em seu livro que o presidente turco reclamou da investigação judicial contra o grande banco turco Halkbank nos Estados Unidos, suspeito de violar as sanções dos EUA contra o Irã. Segundo o livro de Bolton, Trump teria garantido a Erdogan "que cuidaria do assunto".

Especificamente, o presidente americano teria explicado que os promotores encarregados do caso foram escolhidos por seu antecessor, Barack Obama, mas que ele poderia substituí-los.

Em comunicado, o diretor de comunicação da presidência turca, Fahrettin Altun, disse que o livro de Bolton contém "alegações enganosas, tendenciosas e manipuladas" sobre as conversas entre Trump e Erdogan.

"Está claro que essas distorções e mentiras são provocadas por razões políticas pessoais", afirmou Altun, garantindo que os dois líderes se esforçaram para "consertar" as relações bilaterais apesar de suas diferenças em questões como a guerra na Síria.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade