Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

EUA registram 3º maior número de infecções em um dia e internações disparam


postado em 24/06/2020 18:06

Os EUA registraram na terça-feira, 24, 35 mil novos casos de coronavírus, atingindo assim o maior total de infecções em um único dia desde o fim de abril e o terceiro maior de toda a pandemia, segundo levantamento do jornal New York Times. O país registrou no mesmo dia mais de 800 mortes em 24 horas, na primeira vez em que houve um aumento dos óbitos desde o dia 7.

O número elevado de casos é resultado do agravamento das condições em várias regiões do país e, em parte, pela ampliação dos testes. À medida que o país reabre a sua economia, os números de casos estão aumentando em mais de 20 Estados, principalmente no sul e no oeste.

O Texas, por exemplo, registrou na terça-feira seu maior total de notificações em apenas um dia: mais de 5 mil. O número se repetiu na Califórnia. Arizona, Nevada e Missouri também registraram novas máximas em um dia. No geral, 33 Estados e territórios dos EUA agora têm uma média de novos casos superior à da semana passada.

A propagação do vírus pelo território americano também se reflete no aumento do número de internações. Sete Estados estão relatando novos números máximos de internações por coronavírus, de acordo com dados do Washington Post - Arizona, Arkansas, Califórnia, Carolina do Norte, Carolina do Sul, Tennessee e Texas.

O Arizona informou seu maior número de internações pelo vírus na segunda-feira. No Texas, mais de 4 mil pessoas com coronavírus estavam internadas - o número é mais do que o dobro registrado no início deste mês. "Sinto que estamos seguindo na direção errada e avançando rapidamente", disse o prefeito Sylvester Turner, de Houston.

No Missouri, porém, onde novos registros de casos atingiram seus níveis mais altos nos últimos dias, as internações por coronavírus diminuíram. "Não estamos enfrentando uma segunda onda e não temos a intenção de fechar o Missouri novamente por agora", disse, no Twitter, o governador Mike Parson, vinculando o aumento de casos à realização de mais testes.

No total, 121.117 pessoas morreram nos EUA por causa da doença, que já infectou 2.336.615 em território americano. O país segue como o que mais registrou casos da covid-19 e óbitos causados por ela, em termos absolutos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade