Publicidade

Estado de Minas

Autoridades egípcias detém irmã de personalidade da revolta de 2011


postado em 23/06/2020 19:25

Autoridades egípcias detiveram nesta terça-feira (23) uma conhecida ativista, Sanaa Seif, irmã de uma importante figura da revolta popular de 2011, informaram seu advogado e sua família.

Seif é filha da ativista de direitos humanos Laila Sueif e irmã de Ala Abdel Fatah, blogueiro e ativista político durante a revolta antigovernamental que expulsou Hosni Mubarak do poder.

Sanaa Seif, de 26 anos, estava em frente ao prédio onde fica o escritório do procurador-geral quando dois policiais a levaram para ser interrogadas pelo Ministério Público da Segurança do Estado, informou o advogado Khaled Ali.

As autoridades "não nos deixaram vê-la e não sabemos onde será presa", disse sua irmã, Mona Seif, no Twitter.

No momento de sua detenção, Sanaa Seif esperava com a família para poder apresentar uma denúncia, depois de terem sofrido um "ataque" na segunda-feira de parte de um grupo de mulheres em frente à prisão de Tora, onde está detido seu irmão, segundo Mona Seif.

"Mulheres, criminosas, nos agrediram, puxaram nossos cabelos e rasgaram nossa roupa em frente à prisão de Tora, diante dos olhos da polícia", relatou no Twitter.

A família aguardava em frente à prisão para receber uma carta de Ala Abdel Fatah, preso em setembro após manifestações que reivindicavam a saída do presidente Abdel Fatah al Sisi.

O rígido governo de Sisi prendeu milhares de islamitas no âmbito de uma repressão contra qualquer dissidência, que aponta também a ativistas liberais e laicos, blogueiros, artistas e jornalistas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade