Publicidade

Estado de Minas

EUA e Sudão prestes a chegar a um acordo sobre ataques a embaixadas em 1998


postado em 23/06/2020 12:55

Sudão e Estados Unidos estão prestes a chegar a um acordo sobre a indenização das famílias das vítimas dos dois ataques realizados em 1998 contra as embaixadas dos EUA no Quênia e Tanzânia, afirmou a ministra sudanesa das Relações Exteriores, Asmaa Mohamed Abdalá.

"Os últimos detalhes de um acordo com as vítimas dos ataques das embaixadas (americanas) em Nairóbi e Dar es Salam estão em processo de finalização", declarou a ministra em entrevista à AFP.

"Atualmente, temos uma delegação em Washington que negocia com os advogados das vítimas e os responsáveis pelo Departamento de Estado", acrescentou.

Os EUA acusam o Sudão de apoiar os autores dos ataques e exigem indenização para as famílias das vítimas.

Os dois ataques, realizados em agosto de 1998 e reivindicados pela organização jihadista Al Qaida, causaram 224 mortes e cerca de 5.000 feridos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade