Publicidade

Estado de Minas

Trump diz que mortos por COVID-19 podem chegar a 150.000 nos EUA


postado em 22/06/2020 17:13

O presidente americano, Donald Trump, disse nesta segunda-feira (22) que os mortos na pandemia do novo coronavírus podem alcançar ou inclusive superar a cifra de 150.000 no país, onde atualmente o número de falecidos está em 120.000.

"Provavelmente, (a cifra atual) é de 115 (mil), mas poderia subir um pouquinho mais que isso, poderia chegar a 150 (mil), poderia ir além disso, mas teríamos perdido entre 2 milhões e 4 milhões de vidas (sem medidas para controlar a doença)", disse Trump durante entrevista na Casa Branca à emissora Spectrum News.

O mandatário fez referência ao modelo do Imperial College de Londres, que anunciou em meados de março um número possível de falecidos de 2,2 milhões nos Estados Unidos caso nenhuma medida fosse tomada para conter a doença.

A americana Universidade Johns Hopkins, que faz um acompanhamento sistemático do número de casos e mortos na pandemia, informou 120.000 falecidos nos Estados Unidos.

"Fizemos um bom trabalho e agora estamos recuperando o país", acrescentou Trump.

Quando perguntado sobre a organização de novos comícios de campanha ante os riscos de uma nova onda de COVID-19 em vários estados do sul e do oeste do país, Trump disse que a segurança sanitária estava considerada.

"Sempre estamos preocupados com a segurança. Queremos nos livrar dessa coisa", disse Trump.

Na terça-feira, o republicano viajará a Phoenix para um encontro com jovens em uma reunião que não está oficialmente prevista como comício de campanha.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade