Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Comitê chinês encerra reunião sem votar lei de segurança para Hong Kong


postado em 20/06/2020 08:49

O Comitê Permanente do Congresso Nacional do Povo, órgão do Congresso chinês, encerrou sua última reunião, neste sábado (20), sem votar a nova lei de segurança nacional para Hong Kong, informou a agência de notícias estatal chinesa Xinhua.

A lei, que foi fortemente criticada por minar as instituições legais e políticas do território semiautônomo, chegou a ser colocada na pauta, mas não houve decisões sobre qual será o seu destino.

O único delegado de Hong Kong no órgão, Tam Yiu-chung, afirmou à emissora pública do território RTHK que a lei chegou a ser revisada, mas que não houve votação, e que não ficou claro se voltaria a ser examinada. O Comitê se reúne a cada dois meses.

A lei foi submetida para deliberação na quinta-feira (18), e cobre categorias de crimes como subversão do poder do Estado, colaboração com forças internas ou externas para "colocar em perigo" a segurança nacional e atividades terroristas locais. O texto provocou críticas da comunidade internacional, inclusive por parte dos Estados Unidos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade