Publicidade

Estado de Minas

Irã amplia sua frota e alerta Marinha dos EUA no Golfo


postado em 28/05/2020 12:55

Os Guardiães da Revolução, o Exército ideológico do Irã, emitiram nesta quinta-feira (28) um aviso às forças navais dos Estados Unidos no Golfo, depois de terem se equipado com 110 novos navios de combate.

Segundo a televisão estatal, a frota dos Guardiães da Revolução adquiriu lanchas da Ashura, da Zolfaghar e submarinos da Taregh.

Irã e Estados Unidos estiveram duas vezes à beira de um confronto direto nos últimos 12 meses.

Um episódio foi em junho de 2019, depois que um avião não tripulado americano foi derrubado pelo Irã no Golfo, e o outro, em janeiro de 2020, após a morte do general iraniano Qassem Soleimani, que liderava as operações exteriores dos Guardiães. Ele foi morto em um ataque americano em Bagdá.

A última escalada ocorreu em meados de abril, depois que os EUA acusaram os Guardiães de atingirem seus navios no Golfo.

"Avançar na defensiva é a natureza do nosso trabalho", afirmou o chefe do Exército ideológico iraniano, general de divisão Hossein Salami.

Segundo o general Salami, a Marinha dos Guardiães da Revolução recebeu instruções para aumentar a capacidade naval do Irã até que o país possa defender adequadamente "sua independência territorial e integridade, proteger seus interesses no mar e perseguir e destruir o inimigo".

As tensões entre os dois inimigos continuaram aumentando após a retirada unilateral dos Estados Unidos, em maio de 2018, do Acordo Internacional de Energia Nuclear do Irã, assinado em 2015, junto com o retorno de severas sanções americanas contra Teerã.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade