Publicidade

Estado de Minas

Ministro chileno com Covid-19 é primeiro infectado no gabinete de Piñera


postado em 25/05/2020 17:43

O ministro de Obras Públicas do Chile, Alfredo Moreno, tornou-se nesta segunda-feira o primeiro membro do gabinete do presidente Sebastián Piñera infectado com o novo coronavírus, em meio a um aumento preocupante do número de casos e mortes provocados pela doença no país.

"Felizmente, não tive sintomas até o momento", anunciou Moreno em sua conta no Twitter. O ministro, 63, havia informado na última sexta-feira que, após fazer o teste, iniciou um isolamento preventivo, por saber que um de seus colaboradores estava com a doença.

O anúncio é feito no mesmo dia em que o Chile registra um recorde no número de infecções, com 4.895 novos casos e 43 mortos nas últimas 24 horas, o que eleva o total a 73.997 infectados e 761 mortos desde 3 de março.

Na semana passada, foram confirmadas as infecções de três senadores, que estão isolados e cujos casos provocaram o fechamento do Senado e a organização das sessões por videoconferência.

Santiago se mantém como maior foco da pandemia no Chile, com 90% dos casos. A capital chilena vive a segunda semana de quarentena total, enquanto em outras regiões o confinamento é seletivo.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade