Publicidade

Estado de Minas

Embraer acusa a Boeing de encerrar 'indevidamente' acordo de compra


postado em 25/04/2020 13:43

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer acusou, neste sábado (25), a americana Boeing de "rescindir indevidamente" o contrato de compra de sua divisão comercial, usando "falsas alegações" para evitar cumprir seus compromissos.

"A Embraer acredita firmemente que a Boeing rescindiu indevidamente o Acordo Global da Operação (MTA) e fabricou falsas alegações como pretexto para tentar evitar seus compromissos de fechar a transação e pagar à Embraer o preço de compra de U$ 4,2 bilhões", disse a brasileira em comunicado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade