Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Diretor-geral da OMS diz esperar que EUA reconsiderem e voltem a financiar órgão


postado em 22/04/2020 14:32

Diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta quarta-feira, 22, que espera que os Estados Unidos reconsiderem sua decisão anterior e volte a financiar a entidade. Durante entrevista coletiva, ele foi questionado sobre a pressão de alguns congressistas americanos por sua demissão, mas não respondeu diretamente à pergunta, dizendo apenas que deveria ser consultado nesse caso o estatuto da OMS sobre o assunto.

Ghebreyesus lembrou que os EUA têm apoiado a OMS nos últimos anos e disse que o financiamento do país "faz uma grande diferença" para salvar vidas e ajudar o sistema de saúde global. Ele argumentou ainda que o investimento em saúde em outros países é importante para eles, "mas também para os próprios Estados Unidos".

O presidente americano, Donald Trump, anunciou em meados de abril que iria cortar o financiamento dos EUA à OMS, afirmando que a entidade teria um "viés pró-China", o que o comando da OMS nega.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade